venerdì 10 luglio 2009

O tesouro



Mamã, tenho uma prenda para ti, abriu o palmo da mão e ofereceu-me este coração que achou na areia da praia. Nunca consegui transmitir a ideia que não se apanha nada do chão, eu adorava “achar” coisas, com as minhas amigas instituí a “volta ao prédio”, uma exploração à volta dos prédios que formam a nossa rua para achar molas, coisas que caiam dos bolsos da roupa pendurada a secar, moedas e pechisbeques vários. Era uma verdadeira emoção voltar ao jardim das traseiras e mostrar aos outros putos o que tinhamos achado.

3 commenti:

Hbi ha detto...

ontem encontrei um berlinde mesmo giro. vi-o brilhar ao longe, não resisti a apanhá-lo. senti-me criança por instantes. Lembrei-me deste post...

Scarlata ha detto...

é isso mesmo, aposto que voltaste para casa com a sensação de ter feito um grande achado! ;D

Scarlata ha detto...

P.S. A proposito de berlindes
http://caixadelata.blogspot.com/2007/03/olh-berlinde.html

Não são lindos?!