venerdì 2 gennaio 2009

Les Amants Régulieres



"Les Amants Réguliers" (os amantes regulares), de Philippe Garrel, parece ser a resposta ao Bernardo Bertolucci e ao seu filme "The dreamers". Rodado em preto e branco, captura não somente a Paris tumultuosa do 68', como a sente um artefacto genuíno da era. Que o filho Louis Garrel interprete o papel principal em "The dreamers" e "Les Amants Réguliers" é somente a primeira das similaridades entre os dois filmes. Philippe Garrel utiliza a estrutura básica de "The dreamers" e modifica-a. Enquanto Bertolucci manteve as suas personagens no apartamento até aos momentos finais, Garrel escolhe de iniciar o filme com os motins de Maio (capitulo sob o título "esperanças de fogo"), e esta sequência longa, com as suas sombras profundas e as paisagens dreamlike contêm os momentos mais fortes do filme, sequência que acaba com um seguimento ao alvorecer pelos telhados de Paris. Com um início tão poderoso, como pode Garrel manter o mesmo nível nas duas horas que se seguem? O resto que segue, a existência do post-Maio de um grupo de amigos, tem momentos maravilhosos, mas falta da vitalidade da primeira ora. Mesmo com algumas falhas, "Les Amants Réguliers" é obrigatório para todos os amantes de cinema.

2 commenti:

alex ha detto...

vou anotar. parece interessante.

Scarlata ha detto...

Prepara-te para 3 horas de black & white frances... Vale a pena. ;D