martedì 12 agosto 2008

Um animal é para sempre



Para que não hajam cá confusões...

2 commenti:

menina alice ha detto...

Essa malta é do extremo oposto áquela que acha que dentro do seu (mas só do seu) animal de estimação existe uma pessoa ómana. Claro que, por pior que sejam, os segundos são melhores que os primeiros.

Scarlata ha detto...

Por acaso se ha cena que nao suporto é o pessoal que humaniza os animais... detesto ver um cao que perdeu os seus instintos, cao é cao nao é pessoa! Mas como dizes entre os xoninhas e os que abandonam os animais prefiro os xoninhas... Alias espero que quem abandona um animal se espete contra um muro !!!