lunedì 11 agosto 2008

Eastern Promises



Brutal, recheado de momentos de antologia. O sexo é visto com uma frieza quase animal, observado sem escrúpulos pela lente do realizador, e a violência impressiona pelas marcas que deixa no corpo. O corpo que, no geral, volta aqui a estar no centro das atenções, nomeadamente o de Viggo Mortensen, repleto de tatuagens e outras marcas que ajudam a contar a história da sua vida. Aliás, todo o elenco é digno de elogios múltiplos, desde essa contenção fria e violenta de Mortensen, à irreverência de Cassel, à ingenuidade aparente de Naomi Watts e culminando no excelente Mueller-Stahl que, a par de Mortensen, carrega com muito do filme às costas.

3 commenti:

alex ha detto...

mais um que eu quero ver.

menina alice ha detto...

Esse gajo é o maior. Vou preferi-lo sempre. E os actores...

Scarlata ha detto...

é um daqueles filmes que nao vou esperar muito tempo para rever!