lunedì 17 dicembre 2007

Potere Operaio



Em Itália assiste-se ao esquecimento da classe operária, aparecem nos noticiários como fantasmas quando morre
alguém. A força trabalho da classe operária, forte e compacta, parece ser coisa do passado. Digo parece, porque quotidianamente os operários vão trabalhar, fazem turnos desumanos, horas extraordinárias e continuam em frente na lida de sempre, com as dificuldades de sempre, num pais demasiado glamourous para os citar.

Ontem durante uma entrevista um operário disse: "Nós somos o que resta de uma laranja espremida para fazer sumo, o operário é a escória do lucro." Triste e estóica a consciência que aquele homem tem do sistema.


1 commento:

alex ha detto...

muito triste.