lunedì 21 maggio 2007

Submission



Theo Van Gogh, director holandês foi assassinado por um extremista islâmico devido a este documentário. A maior parte dos festivais cinematográficos recusaram-no por terem receio de represálias e de atentados.
Lembram-se das controvérsias e das manifestações dos extremistas cristãos à frente dos cinemas durante as projecções "Je vous salue, Marie" de Godard e "última tentação de Cristo" de Scorsese? Pois, neste caso o senhor também não gostou do filme, por isso matou o director...

http://www.ilfoglio.it/articolo.php?idoggetto=19518

Nessun commento: