giovedì 19 aprile 2007

Levantai-Vos!

Grândola, vila morena
Terra da fraternidade
O povo é quem mais ordena
Dentro de ti, ó cidade

Dentro de ti, ó cidade
O povo é quem mais ordena
Terra da fraternidade
Grândola, vila morena

Em cada esquina um amigo
Em cada rosto igualdade
Grândola, vila morena
Terra da fraternidade

Terra da fraternidade
Grândola, vila morena
Em cada rosto igualdade
O povo é quem mais ordena

À sombra duma azinheira
Que já não sabia a idade
Jurei ter por companheira
Grândola a tua vontade

Grândola a tua vontade
Jurei ter por companheira
À sombra duma azinheira
Que já não sabia a idade

Zeca Afonso

2 commenti:

blue ha detto...

as palavras que simbolizam a liberdade... atravessei ontem o alentejo, passei em baleizão e cantei todas as palavras desse disco extraordinário, um dos melhores de sempre, apesar de maio ainda não ser.

Scarlata ha detto...

É uma canção intemporal, um grito de incitação à rebelião. É um marco que assinala o início da democracia. É para cantar a pulmões abertos!
;-)